Por que galinhas põem ovos brancos, vermelhos e até azuis?

Esses pigmentos são produzidos pelas células das aves as galinhas das raças New Hamphire e Rodhes Island Red, por exemplo, produzem ovos vermelho.

Esses pigmentos são produzidos pelas células das aves as galinhas das raças New Hamphire e Rodhes Island Red, por exemplo, produzem ovos vermelho. Ao contrário do que muitos pensam, não é a alimentação que determina a cor da casca dos ovos não só das galinhas, mas de todas as aves. Na verdade, o que define qual será a “tinta” usada para pintar a casca é a genética. Assim, é a raça do animal que determinará a cor. O ovo começa a se formar a partir da gema, que é o (grande) óvulo da galinha e mede cerca de quatro centímetros de diâmetro. A partir daí, ele passa por várias partes do oviduto —uma espécie de canal que compõe o sistema genital da galinha e que se estende desde o ovário até a cloaca (por onde sai o ovo). Ao passar pelas várias estruturas desse canal, o ovo recebe diferentes nutrientes e sais minerais para proteger a gema, formar a clara e a casca do ovo. E é também ao passar pelo oviduto que essa “tinta”, ou melhor, esses pigmentos, são adicionados à casca. Enquanto o processo de formação da casca e de sua coloração leva em média 21 horas, a formação dos componentes internos do ovo leva por volta de 4 horas.
  • Clique aqui para seguir o canal do CompreRural no Whatsapp
  • Esses pigmentos são produzidos pelas células das aves. As galinhas das raças New Hamphire e Rodhes Island Red, por exemplo, produzem ovos vermelhos. Para chegar nessa cor, essas aves utilizam dois tipos de pigmentos: a protoporfirina e a biliverdina. Já para os ovos de casca branca, apenas a biliverdina é usada.
    Foto: Divulgação
    Embora as cores branca (75%) e marrom (25%) sejam as mais comuns, outras galinhas, como a Araucana, originária do Chile, produzem ovos com cascas azuis. Já as codornas têm ovos pintados de branco e preto. Para isso, essas aves utilizam concentrações variadas de pigmentos. A casca tem o seu formato oval porque o óvulo “caminha” em espiral pelo oviduto. Isso ajuda na hora do ovo sair, já que a parte mais estreita abre caminho. Qual é a diferença entre ovos brancos e vermelhos? Segundo a revista eletrônica de receitas  The Kitchn, a diferença no custo ocorre exclusivamente devido ao fato de que a cor do ovo está relacionada à raça e ao tratamento da  galinha que o põe. Galinhas que botam ovos vermelhos são geralmente maiores do que as poedeiras de ovos brancos e possuem necessidades nutricionais diárias mais calóricas. Outro mito muito comum é o de que galinhas brancas sempre põem ovos brancos e que as galinhas com penas vermelhas botam ovos vermelhos. Apesar de a cor da galinha ter influência sobre a cor dos seus ovos, a pena não é o único elemento a considerar. O melhor indicador, acredite, é a cor dos lóbulos das orelhas das penosas.  Basta observar aquele pedaço de pele na cabeça da galinha, um pouquinho abaixo onde deveria ter uma orelha: se aquela pele for branca, os ovos da galinha provavelmente serão brancos. E alguém poderia perguntar: e os ovos da galinha Araucana, do Chile, com lóbulos verde-azulados? Pois é, os ovos dela são verde-azulados. 
    Foto: Divulgação
    Ovos azuis e verdes Dificilmente alguém nunca viu ou ouviu falar de ovos de galinhas com coloração azul ou esverdeada,aqui no Brasil normalmente encontrados em algumas criações de galinhas caipiras. O que se sabe em primeira análise é que esta coloração nos ovos se deve a fixação da substância biliverdina no ovário da ave e este pigmento se incorpora na estrutura da casca dos ovos,não constituindo apenas uma película de coloração do ovo. Várias espécies de aves silvestres apresentam coloração azul nos ovos, porém que se tenha notícia, apenas três linhagens nativas de galinhas apresentam esta característica: Dongxiang e Lushi (China) e Araucanas (Chile). Como não há relatos de presença das linhagens chinesas aqui no Brasil,é de supor que provavelmente esta genética de alguma maneira tenha vindo do país vizinho. Foram feitos vários estudos, embora bastante elucidativo,só nos leva ao princípio de que tal característica se deve ao “gene do ovo azul” e descreve os resultados genéticos para os cruzamentos possíveis. galinhas
    Foto: Divulgação
    Como as fontes de informação para este assunto são bastante limitadas e restritas em nosso país, recorremos a fontes mais amplas no exterior. Por intermédio do The Britsh Araucana Club (UK), ao qual somos associados, tivemos acesso a material acadêmico mais esclarecedor. Segundo pesquisa científica a presença do “gene do ovo azul” nestas linhagens de galinhas não é uma mera característica genética natural, trata-se de uma mutação ocasionada por um retrovírus possivelmente 500 anos atrás, tendo inclusive suscitado um possível questionamento sobre a origem das galinhas introduzidas na America do Sul, fato este posteriormente desconsiderado visto as mutações pelo vírus tratarem-se de eventos independentes. ovos
    Foto: Divulgação
    Todo ovo vira pitinho? Quando o galo e a galinha acasalam, os espermatozoides podem sobreviver infundíbulo (que fica no oviduto) da fêmea por vários dias. Quando o óvulo atinge essa região e há espermatozoides, a fecundação pode ocorrer. Mesmo assim, isso não garante que vá nascer um pintinho. Isso só vai acontecer se o ovo ficar incubado por 21 dias em uma temperatura de 37º ou 38º. Ah, e vale lembrar que as galinhas botam ovos mesmo sem ter o espermatozoide. Existe diferença além da cor da casca? Embora muitas pessoas acreditem que ovos com casca marrom (ou vermelha) são muito mais nutritivos que os brancos, a verdade é que eles possuem a mesma quantidade de nutrientes e vitaminas. O que varia é cor e a textura da gema, provocadas pelo tipo de alimento consumido pela ave. As galinhas caipiras, criadas soltas e à base de uma alimentação que vai além da ração, tendem a ter uma gema de coloração amarela mais intensa e com uma textura mais grossa. Já a cor da gema dos ovos das galinhas chamadas de industriais tem uma cor mais “aguada” e textura fina. Quais ovos são mais nutritivos? Os brancos ou os vermelhos? A princípio, não existe nenhuma diferença entre ovo branco ou vermelho. A diferença entre eles, como vimos, é a raça das galinhas. As galinhas brancas e as galinhas de granja tendem a botar mais ovos brancos, enquanto as chamadas “caipiras” botam mais ovos vermelhos. As primeiras são geralmente criadas em confinamento e são alimentadas com ração, milho e hormônios (em alguns países). Já as galinhas caipiras são em geral criadas soltas, e se alimentam de gramíneas e ração mais saudável. No entanto, independentemente da cor, os ovos recebem os mesmos nutrientes, não havendo  grande diferença entre eles. É possível afirmar que os ovos vermelhos seriam teoricamente mais saudáveis porque não teriam contato com hormônios. Porém, o que se verifica no Brasil, segundo especialistas, é que a questão dos hormônios não possibilita nenhum ganho zootécnico e é  economicamente inviável na prática, habitando mais o imaginário das publicações do que a realidade. Fonte: Uol.com.br – Especialistas consultados: Maria Virgínia Franco da Silva, criadora e membro da Associação Brasileira dos Criadores de Aves, e Antônio Gilberto Bertechini, professor de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras ℹ️ Conteúdo publicado pela estagiária Ana Gusmão sob a supervisão do editor-chefe Thiago Pereira Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp (clique aqui) ou Telegram (clique aqui). Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias

    Artigos Relacionados: