• Terça-feira, 23 de julho de 2024

Policiais civis e militares detêm 5 pessoas com drogas e arma de fogo em Cáceres

As prisões ocorrem durante diligências para apurar tentativa de homicídio ocorrida no final de semana

Cinco pessoas, incluindo uma mulher e um adolescente, foram presas pela Polícia Civil e Polícia Militar nesta segunda-feira (24), em Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), durante diligências para apurar uma tentativa de homicídio.
 
A ação integrada resultou na apreensão de drogas, uma arma de fogo, munições e um veículo. Os suspeitos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e proibido. O menor de 15 anos responderá por ato infracional análogo aos mesmos crimes.
 
Ainda segundo a investigação, dois dos presos participaram diretamente da tentativa de homicídio registrada na tarde de sábado (22). Logo após o ocorrido, policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia, em conjunto com a Polícia Militar, começaram as diligências para identificar os autores do crime.
 
Durante as diligências, as equipes foram até o bairro Rodeio. Ao se aproximarem de uma residência onde os suspeitos possivelmente estavam, avistaram o proprietário fugindo do local. Em seguida, dois adultos e um menor saíram da casa.
 
Nas buscas dentro do imóvel, foram encontrados uma porção média de maconha e vários objetos sem comprovação fiscal. Os três abordados confessaram a participação na tentativa de homicídio e levaram os policiais a outro endereço.
 
Nesse segundo local, foram encontradas várias munições de calibre .38, mais porções de maconha e pasta base de cocaína, uma balança de precisão, além da arma de fogo e da motocicleta usadas na tentativa de homicídio.
 
Em seguida, o proprietário da primeira casa foi localizado e preso. Ele estava na companhia de uma mulher, também suspeita de participar dos crimes.
 
Todos os quatro homens, a mulher e o adolescente foram encaminhados à 1ª Delegacia de Cáceres para esclarecimentos.
 
Os conduzidos foram interrogados e autuados em flagrante delito e ato infracional, respectivamente. Após a confecção dos autos, os presos e o adolescente apreendido foram colocados à disposição do Poder Judiciário.

Artigos Relacionados: