• Terça-feira, 25 de junho de 2024

Irmã de Davi denuncia ataques nas redes: 'Não sei de onde vem esse ódio gratuito'

Raquel disse que chegou ao limite e, por isso, decidiu denunciar os ataques de ódio

Raquel Brito, irmã de Davi do BBB 24, usou as redes para desabafar sobre as críticas que recebe em seus perfis oficiais. Ela disse que chegou ao limite e, por isso, decidiu denunciar os ataques de ódio.

"Não entendo o motivo que leva uma pessoa me desejar tanto mal. Não sei de onde vem esse ódio gratuito", comentou a estudante em uma série de vídeos publicados no Instagram nesta quinta-feira (23).

Ela reconheceu que está cansada da forma como é tratada por internautas desde a saída do ex-motorista de aplicativo do reality da Globo. "Me chamam de macaca e eu já printei tudo, não é assim, internet não é terra sem lei. Falam atrocidades e é inacreditável como as pessoas estão e são. Mas é como eu falo: o que é bom, a gente guarda, e o que é ruim, eu jogo fora", explicou Raquel que não deixou claro se pretende acionar os haters na Justiça.

A jovem ainda falou que não se define mais como assessora do campeão da última edição do programa e pretende não opinar sobre outros assuntos. "Só vou postar a minha vida, as minhas coisas e o que diz respeito a mim. Decidi que estou de férias de tudo. "Você fala uma coisa, e pegam um recorte e fazem uma bomba. Passei três meses sofrendo e o meu corpo está me cutucando até hoje".

Por fim, Raquel disse que não quer mais ser cobrada pelas atitudes do irmão fora da casa. Davi perdeu mais de 1 milhão de seguidores desde o final do BBB 24. "Estou aqui para ajudar ele no que eu posso como irmã, como eu sempre fiz, mas eu não estou aqui para ser cobrada por algo que vocês acham que ele tem que fazer. Não, ele tem uma assessoria para isso", disse.

Artigos Relacionados: