• Terça-feira, 23 de julho de 2024

Hubble e James Webb estudam árvore de Natal’

A imagem combina luz visível e infravermelha para montar uma das imagens mais abrangentes do universo já obtidas

O Telescópio Espacial James Webb e o Telescópio Espacial Hubble da agência especial americana (Nasa) se uniram para estudar um aglomerado de galáxias conhecido como MACS0416. O resultado, uma imagem muito colorida e com luzes tremeluzentes, levou os cientistas a nomearem, informalmente, o local como "Aglomerado de Galáxias da Árvore de Natal" (tradução literal).

A imagem combina luz visível e infravermelha para montar uma das imagens mais abrangentes do universo já obtidas. Por trás da bela imagem, está o objetivo de procurar objetos que variassem no brilho observado ao longo do tempo, conhecidos como transientes. Para isso, a equipe de pesquisa combinou três épocas de observações, cada uma com semanas de intervalo, com uma quarta época de outro times de cientistas, o Canadian NIRISS Unbiased Cluster Survey (CANUCS).

Segundo a Nasa, eles identificaram 14 transientes em todo o campo de visão. Doze deles estavam localizados em três galáxias que são altamente ampliadas por lentes gravitacionais e são provavelmente estrelas individuais ou sistemas estelares múltiplos. Os outros dois estão provavelmente em supernovas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia Também: NASA perde contato com robôs e helicóptero em Marte

Artigos Relacionados: